21.8.15

OverwhelmedEmployee-PetrKratochvil.jpg

Foto: Overwhelmed Employee – Petr Kratochvil

 

Hoje levei um abanão… Às vezes acontece-me isso. Vezes demais até!

Todos os dias acordo para dar o melhor de mim em tudo o que faço, sempre.

Alguns dias são bastante bons e tudo o que me acontece só me traz energia para mais e melhor.

Outros dias, como o de hoje, lembram-me que outros conseguem mais com menor esforço aparente do que eu.

Esta consciência da realidade, de que nem tudo é um mar de rosas como eu gostaria que fosse bastando para isso esforçar-me, deixa-me cansada, muito cansada.

Deixa-me com vontade de parar tudo e viver apenas sem consciência do mundo à minha volta.

Enche-me de vontade de apagar as histórias que me rodeiam apenas para me centrar na minha própria história.

Ao menos se fosse possível que as histórias dos outros não me afetassem…

Tenho consciência de que o que dou de mim é bom, mas isso não chega.

Tenho consciência de que se me rodear das pessoas certas, tudo corre melhor. Mas onde é que elas estão? Como sabemos se são ou não as certas?

Mais do que ter consciência, porque isso já tenho demais, deveria ter também a capacidade de saber lidar com a informação que essa consciência me dá de forma incessante.

Ah! Também tenho consciência de que estou cansada. O que fazer com isso?

Parar?

Não posso porque… Tenho consciência de que se parar passam-me à frente. Ou será que não?

Se calhar o que tenho é receio e não consciência…

Não, na verdade, estou mesmo apenas cansada…

 

Sónia Abrantes

 

Link deste ArtigoPor Mil Razões..., às 08:00  Comentar

Luanda | Angola

Pesquisar
 
Destaque

 

Porque às vezes é bom falar.

Equipa

> Alexandra Vaz

> Ana Bessa Martins

> Cidália Carvalho

> Ermelinda Macedo

> Fernando Couto

> Jorge Saraiva

> José Azevedo

> Leticia Silva

> Maria João Enes

> Miriam Pacheco

> Rui Duarte

> Sandra Pinto

> Sara Silva

> Sónia Abrantes

> Teresa Teixeira

Agosto 2015
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
13
15

16
18
20
22

23
25
27
29

30


Arquivo
2018:

 J F M A M J J A S O N D


2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


Comentários recentes
O tempo, a arbitrariedade da vida e as fragilidade...
Obrigado SAPO.AO!!
E claro que é no "Cenas na net" mas este na homepa...
Torna-se 'repetitivo', mas no bom sentido que faze...
Presenças
Outras ligações
Música

Dizer que sim à vida - Carlos do Carmo:

 

Dizer que sim à vida - Luanda Cozetti: