15.7.16

Seagull-Unsplash.jpg

Foto: Seagull - Unsplash

 

Sabes, um destes dias – daqueles dias perfeitamente normais em que nada de interessante mereceria registá-lo - olhei para mim.

Não me olhei ao espelho (até porque raramente me olho ao espelho; não consigo encarar-me, percebes?). Olhei para dentro de mim, para a minha essência, para o meu ser. E não gostei do que vi.

Aconteceu de repente, sem que voluntariamente eu o desejasse. Eu estava apenas ali, na varanda, a olhar para a tarde que terminava sem pressas, enquanto uma gaivota espreguiçava as asas na pequena piscina em que se banhava.

E pelo seu caráter inesperado, este momento atingiu-me como um raio.

 

Primeiro, vi um vazio. Não um vazio emocional (Ah! as emoções! Poderia vendê-las aos molhos!), mas um vácuo intelectual, cultural, social.

Senti-me roubada, compreendes?!

Quem me retirou as convicções, pensamentos, os argumentos bem defendidos?

Quem me arrancou as minhas preferências, hobbies, vícios e manias?

Quem apagou aquilo que eu era e aquilo que eu projetava ser?

Um vidro lavado de uma janela é mais interessante. Sou transparente. Desapareci. (Conseguirás ainda ver-me?)

E pergunto-me se este será um caminho sem volta, se poderei ainda resgatar-me.

Todavia, neste momento, as únicas respostas que me surgem são aquelas que aparecem nos questionários para evitar um beco sem saída:

Nada. Não sei. Não respondo. Não aplicável.

 

Sandrapep

 

Link deste ArtigoPor Mil Razões..., às 09:30  Comentar

Luanda | Angola

Pesquisar
 
Destaque

 

Porque às vezes é bom falar.

Equipa

> Alexandra Vaz

> Ana Bessa Martins

> Cidália Carvalho

> Ermelinda Macedo

> Fernando Couto

> Jorge Saraiva

> José Azevedo

> Leticia Silva

> Maria João Enes

> Miriam Pacheco

> Rui Duarte

> Sandra Pinto

> Sara Silva

> Sónia Abrantes

> Teresa Teixeira

Julho 2016
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
12
14
16

17
19
21
23

24
26
28
30

31


Arquivo
2018:

 J F M A M J J A S O N D


2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


Comentários recentes
O tempo, a arbitrariedade da vida e as fragilidade...
Obrigado SAPO.AO!!
E claro que é no "Cenas na net" mas este na homepa...
Torna-se 'repetitivo', mas no bom sentido que faze...
Presenças
Ligações
Música

Dizer que sim à vida - Carlos do Carmo:

 

Dizer que sim à vida - Luanda Cozetti: