3.4.17

Family-OmarMedinaFilms.jpg

Foto: Family – Omar Medina Films

 

“Amor” não é, para mim, um tema que tenha leitura fácil e traz-me algumas dificuldades. Por um lado, não consigo definir “amor”, por outro, tenho a sensação que há várias formas de o sentir por diferentes pessoas e, por outro, tenho a convicção que, às vezes, para além do bem-estar, também me provoca (muito) sofrimento.

 

Com a primeira dificuldade não estou preocupada, porque penso que o amor é apenas para sentir e dar, e ter a tarefa de o definir não me leva a lado nenhum.

 

Com a segunda, é assim mesmo. Amor pelo pai, amor pela mãe, amor pelos filhos, amor pelos irmãos, amor pelo companheiro… Há qualquer coisa de diferente entre estes amores, mas sinto-os como amor.

 

Com a terceira fico preocupada, porque também me faz sofrer. Mas, provavelmente é assim; se não sentisse amor, talvez não sofresse da forma que sofreria se o sentimento não fosse amor, digo eu, com todas as dúvidas.

 

O amor preocupa, inquieta, perturba, apazigua. Aqui, ou noutro local, sinto a liberdade de expressar que o amor me provoca diferentes sensações e, a propósito dessa liberdade, também esta precisa de ser pegada ao colo e cuidada com amor.

 

Ermelinda Macedo

 

Link deste ArtigoPor Mil Razões..., às 07:30  Comentar

Luanda | Angola

Pesquisar
 
Destaque

 

Porque às vezes é bom falar.

Equipa

> Alexandra Vaz

> Ana Martins

> Cidália Carvalho

> Ermelinda Macedo

> Fernando Couto

> Jorge Saraiva

> José Azevedo

> Leticia Silva

> Maria João Enes

> Rui Duarte

> Sandra Pinto

> Sara Almeida

> Sara Silva

> Sónia Abrantes

> Teresa Teixeira

Abril 2017
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
13
15

16
18
20
22

23
25
27
29

30


Arquivo
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


Comentários recentes
O tempo, a arbitrariedade da vida e as fragilidade...
Obrigado SAPO.AO!!
E claro que é no "Cenas na net" mas este na homepa...
Torna-se 'repetitivo', mas no bom sentido que faze...
Presenças
Outras ligações
Música

Dizer que sim à vida - Carlos do Carmo:

 

Dizer que sim à vida - Luanda Cozetti: