19.2.16

DiverseFaces-DawnHudson.jpg

Foto: Diverse Faces – Dawn Hudson

 

Sou um ser diferente a cada momento que passa. Os acontecimentos, factos sucessivos e constantes que preenchem cada momento, transformam-me, não me deixam indiferente, e impedem-me de estar sempre da mesma maneira.

Chegam-me imagens que interiorizo e retenho algures dentro de mim, não sei onde, que alimentam os meus “eus”. Triste ou alegre, cordata ou renitente, tranquila ou desassossegada, sou tudo isto de acordo com o que me chega.

Se o amor me toca sou poderosa e crio beleza até nas coisas mais improváveis, nos dias cinzentos, nas árvores nuas, nos campos secos, e nas águas turvas, mas, não passarão disso mesmo, coisas horríveis e feias, se o desamor me arranha.

Se o manto frio da morte se estende na minha proximidade, sou outra, que não era até então. A proximidade com a morte dá-me uma lucidez incapaz de experimentar em qualquer outra circunstância. Faz de mim um ser finito e humano como comumente se diz, afinal, muito menos poderosa do que o amor me fez crer.

Sou o que não quero ser, o que quero ser, não sou. Sou o que é preciso ser. Sou o que tem de ser. Sou o que sou, sem mesmo saber o que isso significa. E, nesta diversidade de “seres”, a única certeza que tenho sobre mim, é a de que nunca saberei quem realmente sou.

Hoje, não é por acaso que sou diferente de ontem. Agora, sou sem dúvida diferente do que era há dois minutos antes desta reflexão.

 

Cidália Carvalho

 

Link deste ArtigoPor Mil Razões..., às 09:30  Comentar

Luanda | Angola

Pesquisar
 
Destaque

 

Porque às vezes é bom falar.

Equipa

>Alexandra Vaz

>Ana Martins

>Cidália Carvalho

>Ermelinda Macedo

>Fernando Couto

>Jorge Saraiva

>José Azevedo

>Leticia Silva

>Maria João Enes

>Rui Duarte

>Sandra Pinto

>Sandra Sousa

>Sara Almeida

>Sara Silva

>Sónia Abrantes

>Teresa Teixeira

Fevereiro 2016
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
13

14
15
16
18
20

21
23
25
27

28


Arquivo
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


Comentários recentes
O tempo, a arbitrariedade da vida e as fragilidade...
Obrigado SAPO.AO!!
E claro que é no "Cenas na net" mas este na homepa...
Torna-se 'repetitivo', mas no bom sentido que faze...
Presenças
Outras ligações
Música

Dizer que sim à vida - Carlos do Carmo:

 

Dizer que sim à vida - Luanda Cozetti: