14.11.16

Smile-NicolásBorieWilliams.jpg

Foto: Smile – Nicolás Borie Williams

 

Rodrigo já recebeu diversas heranças, ao longo da vida. Herdou de várias pessoas: de vários tios e tias, dos seus pais, de uma irmã. Considera-se por isso um homem rico, já que valoriza muito o legado recebido, pela sua qualidade. Aquilo que é hoje, sabe-o, é o resultado do estar com eles e do que deles herdou, o ser e o estar, as atitudes e os comportamentos, uma boa parte da sua visão do mundo, a forma como se relaciona com o mundo e com as pessoas.

Heranças teve que não foram fáceis. Hoje percebe-as como heranças, como boas heranças, mas tempos houve em que a inquietação foi grande, por conflitos, por desentendimentos, por incompreensões. À época, tudo parecia confuso e incompreensível, mas afinal havia um sentido, um conteúdo impercetível que hoje, com a distância do tempo, se tornou claro e valioso.

Heranças, das outras, das tradicionalmente consideradas como tal, as desejadas e cobiçadas, as materiais, também as teve, embora poucas, mas essas revelaram-se um pesadelo, a fonte e o foco de experiências assaz desagradáveis, ao exporem o lado sombrio, ou negro, das pessoas.

 

Por isso Rodrigo, que é um homem de fé, em paz com morte que não deseja mas aceita, costuma dizer que a sua herança são os seus mortos e trá-los sempre consigo.

 

Fernando Couto

 

Link deste ArtigoPor Mil Razões..., às 09:30  Comentar

Luanda | Angola

Pesquisar
 
Destaque

 

Porque às vezes é bom falar.

Equipa

> Alexandra Vaz

> Cidália Carvalho

> Ermelinda Macedo

> Fernando Couto

> Helena Rosa

> Jorge Saraiva

> José Azevedo

> Maria João Enes

> Miriam Pacheco

> Rui Duarte

> Sandra Pinto

> Sara Silva

> Sónia Abrantes

> Teresa Teixeira

Novembro 2016
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
12

13
15
17
19

20
22
24
26

27
29


Arquivo
2018:

 J F M A M J J A S O N D


2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


Comentários recentes
O tempo, a arbitrariedade da vida e as fragilidade...
Obrigado SAPO.AO!!
E claro que é no "Cenas na net" mas este na homepa...
Torna-se 'repetitivo', mas no bom sentido que faze...
Presenças
Ligações
Música

Dizer que sim à vida - Carlos do Carmo:

 

Dizer que sim à vida - Luanda Cozetti: