De Cidália Carvalho a 23 de Dezembro de 2009 às 00:55
José Lima,
Já o sabia com queda para a escrita mas para a manipulação é que não imaginava.
Surpreendente!

De Joel a 21 de Dezembro de 2009 às 20:58
Espectacular! Adorei a mensagem, a escrita e o ritmo. Muito original.
Abraço.

De Alexandra Vaz a 20 de Dezembro de 2009 às 21:41
Caro José,

que belíssimo momento vivi aqui,agora, na partilha deste seu texto.
Tomara muitos de nós pudessem sentir que a queda, não é o fim. É preciso saber esperar, é preciso sofrer a dor do corpo e da alma para se sentir que, o amanhã, pode ser infinitamente mais doce.

Um forte abraço,